Conheça a melhor ferramenta de automação para WhatsApp e chatbots

Conheça o Live Commerce, fenômeno que pode alavancar suas vendas

Giovanna Torreão

Entretenimento e compra instantânea. O Live Commerce surgiu para envolver os clientes enquanto promove produtos e gera conversões. O modelo, que começou na China, já é um sucesso e marcas em todo o mundo já estão adotando a novidade. Se você ainda não sabe bem o que é Live Commerce, tudo bem! Nós estamos aqui para apresentar esta experiência de compra inovadora que vai cativar seu público.

Acompanhe!

O que é Live Commerce?

O Live Commerce é uma modalidade de venda que possibilita a compra instantânea e a participação e interação do público, seja ela através de um bate-papo ou por meio de botões de reação. Com o comércio de transmissão ao vivo, as empresas conseguem se aproximar do público, envolver e aumentar a exposição da marca.

Conheça o melhor sistema de Automação Para WhatsApp, o ChatGuru!

Em menos de cinco anos, o Live Commerce se estabeleceu como um importante canal de vendas no mercado chinês. De acordo com uma pesquisa da McKinsey & Company, divulgada em 2020, “dois terços dos consumidores chineses disseram que compraram produtos via transmissão ao vivo no ano passado”. Ainda conforme da análise da consultoria, as vendas iniciadas pelo Live Commerce podem representar de 10 a 20% de todo o comércio eletrônico até 2026.

O que torna o e-commerce uma tendência?

O comércio eletrônico, setor que está sempre em desenvolvimento, foi revolucionado pelo Live Commerce. Este canal de venda encaminha os clientes pelo funil de vendas e dá um toque pessoal à apresentação do produto, ele possibilita a compra imediata ao mesmo tempo que consegue sanar ao vivo possíveis dúvidas que possam surgir ao longo da live. O comércio ao vivo torna a venda mais envolvente e fácil. E os números mostram o sucesso.

O tamanho do mercado de comércio ao vivo

“O valor do mercado de comércio ao vivo da China cresceu a uma taxa composta de crescimento anual (CAGR) de mais de 280% entre 2017 e 2020, para atingir uma estimativa de US $ 171 bilhões em 2020. Este surto de crescimento foi intensificado pela pandemia da covid-19, e as vendas chinesas devem chegar a US $ 423 bilhões em 2022”

Fonte: McKinsey Digital

Em março de 2020, conforme a McKinsey & Company, o comércio ao vivo era usado por 265 milhões de pessoas - quase 30% dos usuários da Internet na China. Quando falamos em parâmetros populacionais, a Geração Z e os millennials são os que mais consomem Live Commerce. No entanto, os consumidores de meia-idade e idosos estão começando a ser atraídos pelo comércio ao vivo.

Mas não fique achando que é uma tendência distante. De acordo com o estudo Facebook IQ, “O futuro das compras chegou cedo: Perspectivas da indústria”, conduzido pela GfK em 29 de outubro de 2020, quase um quarto dos adultos fora da China gostaria de descobrir novos produtos por meio de uma transmissão ao vivo com um influenciador ou representante da marca.

Algumas experiências no Ocidente também já se mostram de sucesso. Em uma transmissão para a Europa e América do Norte, a Tommy Hilfiger atraiu um público de 14 milhões e vendeu 1.300 moletons em dois minutos. Já o Live Commerce do Walmart no TikTok, em dezembro de 2020, rendeu sete vezes mais espectadores do que o esperado e gerou um aumento de 25% na sua base de seguidores na rede social.

Como o Live Commerce cria valor?

O Live Commerce ajuda as empresas a causar uma impressão duradoura no público e criar uma base forte de clientes, uma vez que retém a atenção dessas pessoas por bastante tempo, apresentando produtos de maneira que leva em conta a própria mentalidade do público alvo. Para as empresas, o valor do Live Commerce está em: 

1. Acelerar a conversão

Divertido e envolvente, o Live Commerce prende a atenção dos espectadores por mais tempo que uma peça de marketing tradicional. Através dele, é possível otimizar e até acelerar o tempo levado pelos clientes para seguir pelo funil de vendas. A modalidade cobre desde o conhecimento do produto até a decisão de compra em apenas uma Live Commerce.

Durante o ao vivo é possível ainda fazer uso de estratégias como cupons únicos e tempo limitado a fim de passar um senso de urgência. A McKinsey & Company identificou que as taxas de conversão, isto é, os acessos que se transformam em vendas, chegam a ser 10 vezes maiores do que aquelas vistas no e-commerce convencional.

2. Engajar com o cliente

A transmissão ao vivo com a possibilidade de participação do público é um convite irresistível para o engajamento. Com o Live Commerce, os clientes podem se sentir parte do show de onde quer que esteja. Ele é convidado a dar suas impressões e tirar dúvidas sobre os produtos apresentados em um ambiente leve e atrativo. Assim, a empresa também consegue aumentar o tráfego para as suas redes e páginas de destino

3. Dar um toque pessoal

A Live Commerce também vai garantir um toque pessoal para a marca. É como uma venda em uma loja física, é o apresentador falando pessoalmente com o cada um que está assistindo aquela live. Além disso, essa venda ao vivo vai trazer o tom que a empresa quer passar com a marca, vai dar personalidade e marcar na memória do público essas sensações que foram pensadas para cativar. 

Assim, o Live Commerce é capaz de fazer com que uma marca fique mais forte e se distinga da concorrência, incentivando a fidelização dos clientes antigos e encantando novos públicos.

Pode fortalecer o posicionamento entre os clientes existentes e atrair novos, especialmente, um público mais jovem que busca novos formatos e experiências de compra. Ainda conforme a pesquisa da consultoria, algumas empresas chegam a ver sua participação no público mais jovem aumentar em até 20%.

Qual formato escolher para começar no Live Commerce?

As possibilidades são muitas e vai depender bastante da criatividade da sua empresa, bem como do seu público-alvo. Conhecer bem as pessoas que você deseja atingir é um passo importante na hora de pensar o formato de Live Commerce ideal para a sua empresa. Assim, tendo isso em mente, vamos trazer aqui três dos principais formados de Live Commerce feitos pelo mundo.

Mas, antes, vale dizer que muitas empresas costumam fazer uso de um líder de opinião (KOL) ou mesmo um consumidor de opinião chave (KOC) para conduzir a Live Commerce e interagir com o público. Outro ponto é pensar em quiz ou jogos que possam manter o público entretido. Não é apenas sobre o produto em si, é muito sobre o público.

1. Tutoriais

Bastante popular em canais do YouTube e redes sociais, o tutorial também pode virar formato de Live Commerce. Nele, é possível demonstrar a utilização dos produtos, bem como sugestões de combinações, o que é ótimo para o cross-selling. Um exemplo é a demonstração de um novo tablet e a sua integração com uma case com teclado. Ou mesmo a apresentação de um produto de uma máscara de cílios e o seu uso combinado com outros itens para os olhos.

2. Vídeos dos “bastidores”

Se a sua ideia é ajudar na construção da imagem e identidade da marca, vídeos que mostram os bastidores da empresa podem ser uma boa alternativa. Levar o público a ver suas iniciativas no quesito sustentabilidade, por exemplo, é uma forma de passar transparência sobre as bandeiras que levanta, incentivando a lealdade.

Conheça o melhor sistema de Automação Para WhatsApp, o ChatGuru!

3. Entrevistas com um grande nome ou influenciador

O marketing de influência pode ser um grande aliado do Live Commerce. Lançar mão de um influenciador ou um grande nome do nicho da sua empresa é uma maneira eficaz de conquistar a atenção do público e fazer com que a sua marca se destaque. Aqui, a ideia é usar pessoas que realmente têm autoridade para o seu público, pois a recomendação dele serve como uma chancela para a qualidade do produto anunciado. 

ChatGuru

Para envolver o público através da tecnologia, nada melhor que a ChatGuru. Nós ajudamos a sua empresa a desenvolver e gerir um chatbot personalizado de acordo com as necessidades da sua empresa e dos seus clientes. Possível graças a uma Interface de Programação de Aplicação (Inglês Application Programming Interface, API), o chatbot de atendimento ao cliente da ChatGuru pode ser integrado a conta comercial da sua empresa no WhatsApp, possibilitando serviços interativos em um canal com o qual seu público já está familiarizado.

Com a tecnologia ChatGuru, seu chatbot conseguirá identificar intenções e usar recursos existentes para responder e resolver as dúvidas dos clientes. Durante todo o processo de contato que é estabelecido, o bot vai conseguir entender o estágio em que o seu consumidor se encontra e, assim, pode estabelecer o tipo de comunicação que ele precisa receber para avançar no funil de vendas. Assim, você conseguirá concentrar mais atenção nos leads qualificados. 

É importante destacar ainda que os chatbots podem atuar em várias estratégias e abrangem uma grande variedade de casos de uso, desde atendimento ao cliente até estratégias de vendas, mas sempre com características relacionadas à instantaneidade e disponibilidade. A intenção é oferecer aos seus clientes um espaço eficiente e confiável, a fim de melhorar a experiência, aumentar o engajamento do cliente e impulsionar os negócios.

Na ChatGuru, adotamos a automação e os chatbots para ajudar empresas a melhorar a experiência dos seus clientes, criar mais relacionamentos de conversação e alcançar um crescimento mais rápido. Aqui você conferiu algumas maneiras de como os nossos bots de atendimento ao cliente podem melhorar seu suporte de conversação e aumentar a eficiência de sua equipe, te diferenciando da concorrência. Para começar, entre em contato a gente para obter mais informações sobre a tecnologia ChatGuru!

Conheça o melhor sistema de Automação Para WhatsApp, o ChatGuru!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Número do seu celular com DDD

Venda mais e atenda melhor. Comece hoje.
Faça o que mais de 2.500 clientes já fizeram. Clique no botão abaixo e receba uma proposta sob medida de acordo com a necessidade da sua empresa.
Quero uma proposta do ChatGuru
Natura
Sococo
Volks Alemanha
J.Simões
Mundo Pet
Big
MaxMilhas
Ibmec
PUC Rio